sexta-feira, 29 de julho de 2011

sobre relacionamentos e afins.

Em um encontro informal com uma velha amiga, me deparei com questões
como a maneira que tem sido tratada o ato de ‘ficar’ e o que isso realmente implica.
Enquanto minha suposta amiga falava animadamente de seus novos ‘feitios’ sexuais,eu me encontrava em divagações sobre a futilidade que tem cegado e conduzido tantos de nós.
O fato de ficar ‘ficando’ por aí,é um fast-food humano;pois aprendemos a ter tudo muito rápido,desconhecendo assim,o valor do desejo (porque se eu desejo uma pessoa,é certo que esse desejo me levará a conhecê-la,a descobrir seus segredos,defeitos,sonhos e frustrações e assim por diante).Até mesmo a bíblia ao tratar do ato sexual,usa o verbo conhecer,embora estejamos acostumados a tratar o sexo como escape das emoções,ele é um ato de conhecimento no seu ápice;porém,temos invertido esse valor,colocando nossos corpos como apenas objetos de satisfação do nosso próprio prazer,e do prazer do outro,desprezando o desejo,que deve/ria anteceder ao prazer,e nos conduzir por emoções/relações mais  verdadeiras.
Não gosto de ficar,acho que é uma forma de me submeter artificialmente ao sentimento romântico. Somos seres em crescimento,precisamos crescer espiritualmente,emocionalmente e fisicamente;mas o que tenho notado é que estamos em constante movimento retrógrado ao crescimento,nos desqualificando de seres a objetos.
Colocar uma mordaça nos sentimentos,nos entregando a qualquer um e usar argumentos da uma modernidade falida e vazia como escudo para essas atitudes desrespeitosas com a vida,não é algo de se orgulhar,porém de se envergonhar.
TumblrSe a castidade é um caminho,eu não sei;contudo sei que a depravação sexual com certeza não é o caminho que poderá te levar a uma verdadeira satisfação e conseqüente evolução como ser;é preciso ‘encontrar o meio termo do ouro’ (como diria Anne Frank).
Nem tão santa,nem tão devassa assim,apenas desejo um relacionamento saudável que não me subjugue a qualidade de objeto,mas de pessoa que sente e faz sentir.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Entusiasmo poético.

cry, girl, sad, tears, teddy bear - inspiring picture on Favim.com
Um dia chega a hora de produzir suas expressões.
Talvez sem beleza explícita,
Que não fale de um amor impossível,
Fale das incertezas da vida,das impressões e tristezas.
Que invoque a beleza do escuro e diminua a do belo.
Trate de sonhos,sejam bons ou ruins.
Mescle a vida e a morte,o branco e o preto.
Onde não mencione a segunda pessoa,e não fuja da primeira.
Poesia que,pode fazer ou não sentido.
Sem importância, talvez.
Que rompa e crie barreiras.
Onde me esconda e apresente.
Onde meu tudo seja reduzido ao nada.
E o nada,possa ser meu tudo,sem restrições.
Nesse lugar onde aja segurança.
Que as coberturas que me amarram,me dispam;
E me libertem das emoções e do tempo.
Guie-me pelo teu enredo,versos de luz com sombra.
De brisa e vendaval,guie-me pelo teu caminho!
Ignorando e destruindo tabus.
Completando a canção preto e branco que se finda aqui.

Denise Oliveira.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Quimera.

Eu confesso que tenho estado tão estranha ultimamente,
Zonza desse balanço que a vida me submete.
Falando comigo mesma como se eu fosse capaz de responder.
Inventando enredos fantásticos,como se fosse possível vivê-los...
Abraçada as lembranças do que ainda não foi,
Sonhando com meu peixes que morreram afogados,e chorando por aqueles palhaços risonhos da esquina.
De ponta cabeça meu mudo permanece de pé,nesse ritmo maluco meus pés lutam por um chão que não desejam alcançar.
Liefde : Fairytale Life .Aquele pássaro mudo me assusta,e nas minhas entranhas existe a música que tiraram do pobre,só porque tinha asas.Só porque não sabia usar o que tinha o prenderam aqui onde só eu posso vê-lo,e ele dorme junto aos poetas mortos,grita o silêncio contra minhas tempestades e me assusta pelo que virá.
Eu confesso que a lucidez está cada vez mais distante dessa alma disforme que tenta inutilmente trocar de cara como de roupa,
vivendo;morrendo,para nascer outra vez.
(...)

segunda-feira, 25 de julho de 2011

sem sentido ser sentido (?)


...
(Tento bordar as palavras para tecer um texto decente onde meus dias não pareçam tão inúteis quanto realmente são.)
Sou mais um sentado na calçada,em um sábado a noite,com bebida barata e a olhar para esse céu que zomba do meu escuro interior.
Sabe,a vida é muito menos do que nos ensinam durante a nossa passagem nessa terra,é só a vida!Cada um tem o recheio que escolher.
O tempo tem passado tão rápido,que tenho medo de me perder nele,as pessoas passam em frente e na melhor das hipóteses me olham com pena ou curiosidade ( nunca se sabe),não que isso me importe,mas talvez seja útil registrar que,por trás de roupas estranhas,pele tatuada existe um ser que também ama,sofre e morre todo dia para nascer de novo;por que insistir em estender aos outros aquilo que você (e só você) pode enxergar naquele espelho embaçado da sua sala de estar?!Bem,faça o que quiser,afinal,quem sou eu,um barbudo bêbado curtindo uma fossa por ter transado algumas vezes com quem não deveria,e agora está colhendo a deliciosa fruta da decepção amorosa,faça o que quiser,filho.
É mais fácil ficar triste,porque a tristeza é só uma rendição,enquanto que ser feliz é uma busca árdua e constante por lutas que não são fáceis de vencer sem se render,e decidi que mesmo que a vida não valha a pena mesmo,e que tudo seja apenas rótulo de um filme americano,que o amor seja uma droga que sempre me esqueço de pesquisar os efeitos colaterais;seja melhor não me render e caminhar,até onde meus passos puderem alcançar...Porque é assim que funciona,você leva na cara para aprender,cai para levantar e chora para depois rir,quem me garantiu que seria fácil,não é?!
Que esse bordado tenha ficado melhor do que parece daqui de dentro,minha ‘linha’ de raciocínio foi afogada por essa porcaria de garrafa,e por isso paro por aqui,ciente de que a vida é mesmo isso,segundo o óculos de cada um.

domingo, 24 de julho de 2011

flash delirium
Acordei com uma mega vontade de dançar por tudo o que vivemos,por todas as noites deitados ao relento na grama,encarando as estrelas que nos deixavam bêbados de amor.
Rodopiar pelos dias inteiros passados ao seu lado,me abraçar as melhores lembranças que ficaram de nós,seus beijos e abraços só meus,meu melhor momento,só seu.
Espero que essa dança seja eterna,que a música do nosso amor nos guie por lugares maiores e melhores que nós mesmos,nos faça superar o tempo e seus regimentos,e curtir o invisível que ainda habita em nós.
(Um brinde musical para a mais bela dança que é o amor.)


ao som de : O som da noite.
(Que delícia essa canção gente?! 
Foi ela que me inspirou a esse texto fofo...)
;)

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Escolhamos não ouvir.

Apesar de algumas pessoas (sem persona) tentarem submergir minha alegria,encontrando defeitos no meu corpo,em meu modo de ser e agir;resolvi abrir meu coração para o que realmente me faz bem...escolho apenas ser feliz,mesmo que isso incomode a tantos...
Fico muito irritada ao presenciar cenas onde pessoas tentam minar a auto-confiança de outras,pela simples vontade de se divertirem por instantes,deixando atrás marcas que custarão ser apagadas na alma de outrem...É  preciso que não deixemos que esse tipo de violência nos assole tanto quanto o imbecil deseja...
Encontrar defeitos nos outros,não vai te deixar mais bonito.
Humilhar as pessoas,jamais te fará mais forte.
Tem gente que se esconde atrás de piadas depreciativas sobre outras pessoas,para não mostrar o quanto são vazias.
É preciso coragem para ser quem se é,independente de críticas que tentam nos ridicularizar e enclausurar em padrões fétidos e destrutivos.E essa mesma coragem é essencial,para escolher não dar ouvidos ao que não nos faz bem,
por hoje,para amanhã e sempre,escolho o que me faz bem,opto por ser feliz,e te convido a isso também,mesmo que incomode a tantos.
E aí,topa?!
;*

quinta-feira, 21 de julho de 2011

constatação.



Tudo é ermo como um distante deserto,
Onde as areias se abraçam as areias,
Na volúpia divina de se tornarem rochas...
_Alberto Jardim da Silva.

terça-feira, 19 de julho de 2011

.


Haveremos um dia de respirar poesia
Como quem respira o ar benigno das manhãs
Olhos estáveis para os céus sem manchas,
Mãos ilibadas a doarem rosas.
Palavras/mensagens hão de cruzar o espaço sem o rumor dos pássaros sinistros
Pelas planuras sem fim
Passearemos,
Subindo as montanhas vestidas de verde,
Sem o desvario da escalada e o receio da descida.

_Hélio Nogueira.

Tag e selinhos *-*

# Tag e selos  que recebi do César e da Pitta :
'O objetivo da tag é você mostrar o que te conquista, ou o que é preciso fazer para te conquistar, seja conquistar sua amizade, seu coração ou simplesmente sua simpátia.
O título da tag é: Quer me conquistar?
E então você responde com uma frase, com um texto ou com um trecho de música, livro, poesia, acompanhado de uma imagem ou fotografia,que pode ser sua ou da internet
'


# O que me conquista?


- A verdade,coragem, sabedoria,humildade,simplicidade,o amor,um sorriso,um gesto de quem vive intensamente seja ele qual for,de uma lágrima sincera a uma dança de comemoração...O meu encanto reside na essência daqueles que sabem ser quem são,sem medo do que o mundo pode retribuir;aqueles que buscam ser seres melhores todos os dias,que não se envergonham de pedir perdão e que não hesitam em arriscar tudo por um sonho;aqueles que compreendem o significado da vida.


"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos."
Antoine de Saint-Exupéry


# Selos :






- Regras deste selo:

1º Colocar o link de quem te indicou
2ºQual o seu maior sonho?
Viver em plenitude.
3ºO Que te faz sorrir?
Tudo o que for divertido.
5ºDiga algo sobre o que acha do blog que te enviou!
Blogs mega originais,cheios de personalidade que me encantam a cada texto lido.


# Indico tantos os selinhos quanto o Tag para:

sábado, 16 de julho de 2011

oração.

tantas coisas que acreditei vejo as se trincarem e logo se desfazerem no ar,medos,dúvidas,certezas.
a cada dia são construídas em mim novas metas,escadas e espirais.
de tudo o que eu realmente não quero que passe jamais,é o amor pelo Senhor Deus.
Que minha mente se molde a todo tempo e que não venha a se solidificar como tanto abomino.
Espero que haja sempre no meu ser o desejo de 'cristificar' cada pedaço de mim,e não me tome conta a fria cartilha da 'crentificação'.
Flua em mim  o verdadeiro sentimento do cristianismo,aquele que poucos viveram e que tantos dizem viver sem nem saber o que significa.
Esteja sempre diante de mim a disposição em aceitar e amar as diversas manifestações do amor de Deus,não havendo lugar para o fanatismo e sua irmã ignorância,na fé que digo professar.
Enfim,estou muito feliz com tudo o que tenho aprendido de Ti Senhor,quero estar mais próxima de ser aquela que devo me tornar em Ti,e que seu Espírito Santo me abençõe nessa intenção.
Eis minha oração.
Amém. 

quinta-feira, 14 de julho de 2011

S A F E

Para quem está com os sonhos caindo em pedaços 
E tudo que você é deixado com um coração cansado e quebrado.
Eu posso dizer pelo seus olhos que você acha que é o único em seu próprio país,
mas você não está sozinho!
Você já ouviu falar daquele que pode acalmar os mares em fúria 
Dar vista aos cegos, puxar o coxo até aos seus pés 
Com um amor tão forte que ele nunca vai deixar você ir 
oh você não está sozinho 

Refrão: 
Você estará seguro em Seus braços 
Você estará seguro em Seus braços 
Porque as mãos que seguram o mundo está segurando seu coração.
Esta é a promessa que Ele fez.
Ele estará sempre com você 
Quando tudo está caindo aos pedaços,
Você estará seguro em Seus braços.



Você sabia que a voz que traz os mortos à vida 
É a voz mesmo que te chama a subir .
Então ouça-o agora Ele está chamando você para casa 
Você nunca vai estar sozinho 

Estas são as mãos que construíram as montanhas 
as mãos que acalmam o mar 
Estes são os braços que seguram os céus 
eles estão segurando você e eu 
Estas são as mãos que curou o leproso 
Puxou para cima o coxo a seus pés 
Estas são as armas que foram pregados a uma cruz 
para quebrar nossas cadeias e nos libertou.

(Tradução) SAFE
Phil Wickham


Ps: Por um acaso encontrei essa canção e acabei me apaixonando.
Confiram!
:)

(clique aqui para ouvir a canção)

'


terça-feira, 12 de julho de 2011

Ser fraca,para então ser forte.


A mídia,a sociedade,a família,o círculo de amigos,tudo nos cobra uma força que temos que ostentar desde muito cedo.
Ser forte, o que isso significa pra você?
Refletindo sobre essa pergunta,cheguei a conclusão que ser forte para mim,é ser totalmente o oposto do que sou.
 É preciso estar na fraqueza para se buscar o refúgio e sustento daquele que verdadeiramente é forte.
Para aprender,é preciso aceitar sua condição de ignorância.
Para ser forte,é preciso ser fraco.
Quando considero minha fraqueza : descendo do pedestal que muitas vezes subi para olhar as pessoas de cima para baixo;quando tiro a máscara do conhecimento,cultura,dinheiro,influências;quando tiro toda a superficialidade,e vejo o que sobra,vejo que realmente sou fraca.Porém,ao mesmo tempo em que encaro minha fraqueza,meu tamanho real; também posso contemplar o tamanho do Senhor e então sou forte.
Porque quando sou fraca,então sou forte.
Ser forte,vai além do que as pessoas entendem dessa definição.É primeiramente reconhecer sua condição de fraqueza e aceitá-la,não a negar com apetrechos que construam uma futilidade fétida.
Ser fraca é a mais perfeita rendição,o ponto de partida para o milagre pessoal;
para o sustento Daquele que nos ensina o caminho para ser fortes Nele.


("Nos dias de hoje, cada vez mais, acentua-se a necessidade de ser forte. 
Mas não há uma fórmula mágica que nos faça chegar à força 
sem que antes tenhamos provado a fraqueza."
Padre Fábio de Melo)


Denise Oliveira

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Humildar



 
(Procurando no dicionário o significado do verbo HUMILDAR,não encontrei.Ao passo que facilmente localizei a definição do verbo HUMILHAR.)


 Quase sempre que ouço a palavra HUMILDE,logo faço uma ligação a um tipo de situação financeira,que reflete a falta de conhecimento,cultura e muitas vezes de dignidade...
O fato é que me esqueço,de que Humilde não vem de ser humilhado,mas do verbo em extinção HUMILDAR,que significa não ser soberbo,arrogante,presunçoso,porém ser conforme Jesus é: não se importando com a sua condição de filho de Deus,se dando a seres que o rejeitaram e ainda rejeitam com enorme freqüência;é abdicar de seus direitos em prol dos menos favorecidos e esclarecidos;é saber amar o próximo como a si mesmo e não amar a si mesmo desconsiderando o resto do mandamento;é descobrir a felicidade pelo que se é,e não pelo que se tem;é agradecer por tudo;é saber que sua dor não é nada diante de muitos;é chorar quando tiver vontade;é lançar o orgulho fora;é se despir da arrogância;é ignorar ao soberbo;é não discriminar quem não seja como sou;é não me julgar bom demais;é reconhecer o erro;é saber perdoar e principalmente pedir perdão;é me submeter a luz e ao amor do Senhor e não impor minhas vontades;é saber falar e também ouvir;é estender a mão e também recebê-la com gratidão...
Pensando bem,entendo o porque não encontrei o conceito de HUMILDAR no dicionário,é imenso e intenso demais para caber ali;é preciso mantê-lo em nossas mentes e corações,manifestá-lo em ações e assim excluir aos poucos o verbo HUMILHAR de nosso viver,adequando sempre o HUMILDAR em nossos passos,trabalhando assim para a construção de um mundo mais digno,puro e solidário.
  
(O futuro não é um lugar onde estamos indo,mas um lugar que estamos criando.
O caminho para ele não é encontrado,mas construído,e o ato de fazê-lo muda tanto o realizador quanto o destino.John Shaar)


Denise Oliveira.

domingo, 10 de julho de 2011

Desafio

Recebi esse desafio do blog Paciência Sobrenatural,um blog mega fofo,vale a pena conferir... 
:)
O desafio consiste em escolher 10 imagens das coisas que mais gosto,
depois escolher outros 10 blogs para participarem,e avisá-los.

Vamos lá!

Adorar
Livros

Crepúsculo
Música

Meditar
Liberdade

Romances
Família
Matthew West
Sorvete
Indico o desafio aos amigos:
Poetas Insanos