quinta-feira, 3 de março de 2016

Aniversário

E é março.
Meu mês.
Domingo completo mais um ano de vida, e o que dizer sobre isso?
Que há gratidão exalando em mim pela vida, saúde, família, amigos e cada vitória alcançada; contudo, também há gratidão, mesmo que com certa dificuldade pelos nãos, por cada reprovação, decepção e tristeza. A orientação bíblica é "em tudo, dai graças" e como é complicado agradecer quando as coisas não saem do jeito que eu quero.
Nesses últimos dias tive uma coleção de "nãos"em várias partes da minha vida, e confesso em que em muitos deles eu sentei no caminho, reconsiderei a ideia de voltar atrás, de parar de tentar, chorei, me desesperei e até pensei estar sozinha. Mas passado esse momento, eu pude experimentar da mais solene experiência de um cristão, que é ser forte na fraqueza. Pois pude sentir e ouvir o Espírito Santo me animando e não deixando que meu coração desanimasse, porque o meu ânimo vem dele. Deus fala através da sua palavra, usa pessoas, canções, a natureza e até mesmo minhas letras, mas ele fala, no silêncio da minha alma ouço sua voz e isso me basta para ser grata.
A gratidão é um exercício, que libera nosso coração para o amor, perdão, para a vida abundante que Cristo nos presenteia. Eu quero aprender a ter um coração totalmente grato, a cada dia e momento.
Que esse ano novo que se inicia pra mim seja o ano da gratidão, independente das circunstâncias, que sempre brilhe em mim esse sentido. São meus votos pra mim!