sábado, 21 de setembro de 2013

sábado a noite


Autumn  


E vão existir noites em que a vontade era de entrar em um barco de volta para aquela vida pacata, de sonhos pequenos e paz no coração.
Ninguém nunca será bom o suficiente para preencher o vazio de você mesmo. Aceite o fato. No entanto, quando você olha para a beirada do lago, vai ver que o barco ainda está lá, que você ainda pode refazer o trajeto, mas nunca será o mesmo, não é mais o lugar, mas você que  perdeu o jeito de acolher a paz em si...

4 comentários:

  1. "Ninguém nunca será bom o suficiente para preencher o vazio de você mesmo."
    Eu precisava ler isso, e agora é hora de aceitar o fato!
    -*-*
    Um texto lindo e cheio de impacto em mim, :)

    Beijos Flor.

    ResponderExcluir
  2. Oi, :)

    Vou ter que imitar um pouco a Juliane: "Ninguém nunca será bom o suficiente para preencher o vazio de você mesmo. Aceite o fato." - trecho cheio mesmo de impacto Dê... e verdadeiro.

    Quanto tempo precisamos viver para aceitar essas pequenas, mas cruciais verdades? =*

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  3. Nossa, amei!! As vezes dá vntade de recuar...de correr pra longe...mas a vida ela sempre cobra tributo quando nos escondemos...então a melhor formar é encarar td de frente!!

    bjss flor

    ResponderExcluir
  4. Oi Denise

    Quem um dia soube o caminho da paz nunca o desaprenderá, pode estar desviado dele, mas há de voltar.

    Beijos

    ResponderExcluir

Saber o que acha é um prazer,obrigada por sua opinião!