segunda-feira, 30 de abril de 2012

sobre o talvez e eu

Living for the happy endings
Talvez eu sempre soubesse que acabaria assim,outra vez...
Dizem que para moldar um vaso,é necessário fazer com que o barro dê várias voltas em torno do mesmo eixo,porém em cada uma dessas voltas é retirado um pouco de excesso,ou desenhada mais uma curva na obra...
Talvez,também seja assim comigo,
Apenas esteja dando voltas em torno do eixo para adquirir uma forma melhor de ver,de sentir,de ser.
...


nota: porque a alma tem refluxo.
(texto postado antes,bem aqui* )

domingo, 15 de abril de 2012

de mim,pra mim...

✖ | Flickr - Photo Sharing!
nota da autora 1: o que me fez parir esse texto:
'Ele sorriu como se pudesse ler meus pensamentos;deviam ter ficado muito evidentes em meu rosto.' 
(Eclipse,Stephenie Meyer)
-
[A vida dispensa esforços quando se trata de dar nós em nós mesmos.]
São 2 am, o sono escorreu por entre os dedos e estou a pensar em quem eu não deveria...
O álcool não consegue me tirar dessa ignóbil lembrança que tanto me aflige,acendo um cigarro e resolvo me sentar aqui no sofá,abrir a janela e sentir em meu corpo a brisa reconfortante da madrugada que traz o sol de novo pra mim,que areja minhas veias...meus medos e erros...
E r r os, essa palavra se bem pronunciada chega quase a ser bonita,como quem a pronuncia...ou o contexto que a acolhe...Solto a fumaça,e ela forma letras bem em frente aos meus olhos que começam a arder,talvez pela fumaça que escreve no ar limpo
e r r o s,ou pelo fato de saber o quão pesados são...
Quando a gente tem o coração partido,temos o direito de espernear,xingar e fazer o sete...mas quando eu estou do outro lado da cortina? O que fazer quando eu sei que vou trincar um coração tão lindo quando uma folha limpa? e r r o s...eu preciso mesmo parar de beber,eu sei.... também preciso parar de fazer isso...de fazer o que não quero,de ser tão gentil e tão preto/branco... eu preciso,não preciso?...engraçado que tantas frases me foram ditas a tanto tempo e ainda hoje não foram postas em prática...e daí?quem precisa de conselhos quando sua vida está toda ferrada?...talvez eu precisasse por hoje...talvez...
t a l v e z...( precise de você hoje...)
-
o sol está apontando e meu celular vibrando... sol ou curiosidade?...
-
É ele,o causador da minha insônia,da minha fumaça mental...da minha falta de ar...da minha desgraça romântica...Atendo,colocando o cigarro no parapeito da janela pra que ao menos ele consiga contemplar algo puro...e ouço do outro lado uma voz lenta,rouca e cheia de sarcasmo...e eu sorrio porque o que mais eu poderia fazer?...lhe conto dos meus medos deformados e ele ri...e logo me vem a mente uma frase de um livro que eu li,daqueles que eu costumava ler no meu tempo de colégio... então eu soube que a gente não escolhe porra nenhuma... que o amor é uma droga que espera um momento certo pra foder sua vida, raptar suas filosofias e devolvê-las mais tarde grogues e violentadas por um tempo que apesar de curto,faz tudo mudar...e(in)voluir e me fazer ver que assim como o sol,eu vou (des)apontar mais hora ou menos hora...e talvez isso possa valer a pena... [e compensar um coração partido de outrem ...?] é preciso escolher,é preciso saber por quem vale a pena sofrer porque no final das contas o amor é sofrimento... enfim,é preciso fechar a janela e abrir uma porta de vez...e seja o que for...

e essa música diz tanto de mim hoje: Olha só,moreno

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Dentre as coisas que aprendi com Cecília.

"Nós choramos quando alguma coisa é triste.E as vezes também derramamos uma lágrima quando alguma coisa é muito bela.Quando algo é engraçado ou feio,nós rimos.Talvez algo muito bonito também nos deixe tristes porque sabemos que não vai durar para sempre.E rimos do que é feio porque compreendemos que é só uma brincadeira.
BooksieOs palhaços são engraçados porque são feios,horríveis.Mas quando eles vão para a frende do espelho e tiram a máscara de palhaço,são muito bonitos.É por isso que os palhaços ficam tristes e infelizes sempre que entram no seu vagão na caravana do circo e batem a porta atrás de si." 
- Através do espelho,Jostein Garder.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Da eterna procura


Vintage things, Brings back memories. | happy, happy people, happy quotes, happy faces, happy thoughts, happy family
'Só o desejo inquieto,que não passa,
Faz o encanto da coisa desejada...
E terminamos desdenhando a caça
Pela doida aventura da caçada.'
_ Mário Quintana.

E por que,sempre que as coisas começam a apontar algum formato,
eu fujo?
Sim,é uma fuga meio que inconsciente,mas ainda assim é uma fuga.
Eu esperava por isso,por uma declaração,por alguém batendo querendo entrar,
se intrometer,olhar dentro das sacolas do meu tempo...eu esperava.Esperava?
...
Na verdade,eu tenho medo de errar,de ficar sozinha,
mas nem esse medo consegue me mover a aceitar condições que são inaceitáveis diante dos meus meios.
Para que seja um homem,você
precisa pensar como um,não apenas sexualmente falando,mas de uma maneira muito mais espiritual da coisa,
é preciso saber-se portar diante dos sinais que a gente emite,como um simples 'não'...
é,um olhar tem tanta coisa embutida sabe? É você não sabe ( risos).
...
For Founders and Followers | Flickr - Photo Sharing!As palavras tem um poder enorme,e é muito interessante saber bordá-las e manuseá-las para o bem,e somente para o bem...não tente,não tente jamais ser engraçado a custa de algo que definitivamente não tem graça...
Não use pessoas como escudo,não é legal.
(Veja bem,tudo o que tento te mostrar aqui,vai tão além de um romantismo mal pregado,no entanto tem mais a ver com respeito,carinho e dedicação em fazer no/para outro o que se quer para si mesmo...)
...
     E no fim de tudo isso,não espere que eu vá me dobrar,desmontar como um brinquedo...porque eu simplesmente,não vou.Tenho tantos amores que meu coração palpita em pensar nisso,não como uma espécie de compensação,mas de demonstração de que minha vida não é minha,ela tem dono,o meu Senhor Jesus que cuida de mim e não me deixa a mercê de migalhas de sentimentos,e pelo que tenho notado,é o que você quer me oferecer e eu meu caro,
com toda a certeza te digo que isso,apenas isso
eu não estou disposta a aceitar ... 

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Dia perfeito em mim

.Tumblr
Hoje eu me esqueci do que precisa ser feito.
Me deitei para o sol e recebi dele todo fagulho de energia boa que estava em falta no meu corpo branco.
Mergulhei nas poesias e cantei cada canção que faz meu coração saltitar de verdade.
Me permiti dançar como se não houvesse mais relógios em casa.
Entrei na água com roupa e tudo e me senti humana outra vez.
Cheirei cada pedaço de chocolate antes de deixar que eles derretessem dentro da minha boca,
não quis pronunciar nenhuma mordida,porque simplesmente eu não quero acelerar nada hoje,
 no entanto somente conjugar o 'ser' 
pois,
em tempos de f o g o é tudo o que eu necessito para sentir em/a  
p a z [outra vez]...

terça-feira, 3 de abril de 2012

de alma pra alma.

Поцелуи

'Alma é um termo vago, indeterminado, que expressa um princípio desconhecido, porém
de efeitos conhecidos que sentimos em nós mesmos.' Voltaire
-

Quando a gente gosta não precisa falar muita coisa.
A gente olha,sente.
E cada palavra não dita tem um sabor todo excêntrico,que dá vontade de repetir por diversas vezes dentro de nós mesmos,
fazer ecoar a perfeita sensação do que aconteceu na noite passada até se perder dentro dela,com o intuito de
não largar pelo caminho nenhum pedacinho do que houve ...

[Ele é mais alto,o que me dá uma sensação de ‘eu vou estar segura’ (inconscientemente falando)... talvez,seja por isso que quando ele chega perto é como se o mundo parasse bem ali naquele instante e cada gesto seu fosse o único motivo para eu continuar ali,viva,em transe...
Ontem,quando suas mãos se ergueram,tocando meu rosto,um toque áspero,rápido e intenso,eu calei,não pude mais replicar nenhum de seus assuntos polêmicos e ‘anti-mim’,eu simplesmente queria aquela pele pra ou em mim,vesti-la e tê-la para o que chamam de sempre...mas eu não podia simplesmente me render assim,não tão fácil,tão velozmente...Ainda estava agarrada naquelas teorias que costumei colecionar para me proteger do que nem sei direito,porém seus olhos me atingiram de modo tão firme e quando suas mãos levantaram meu queixo em sua direção, não sei mais o que estava entre nós,havia uma presença maior que nós mesmos,que nossa discussão sem sentido,que nossos corpos,
era alma pura...
Gentilmente,seus lábios roçaram os meus,os olhos se calaram para a boca dizer o que há muito pretendia,e disse sem emitir um único som,falamos sobre quem éramos,o que seríamos e tantas outras coisas...minhas mãos se renderam a sua nuca que alegre acolheu meu toque e ficamos assim por uma espécie de eternidade...até que,me lembrei de que não pode ser tão fácil assim,existe mais coisa entre... entre...
A alma teve de partir,abandonando nossos corpos com a vontade de tudo ser diferente...sem tantas brigas,sons e pessoas...mas apenas um pouco mais de cor,de sopro e de nós em nós...]

E ali eu entendi que a gente não precisa falar muita coisa,se souber ouvir aqueles zunidos que a alma da gente faz quando um outro pedaço nosso aparece...
...