sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Deus da madrugada



Quando as letras não se dão as mãos,
ou o som não deixa a cama de manhã.
Quando o fogo dos sonhos mergulha no rio da vida,os pés erram o caminho,os olhos perdem o horizonte de vista e o coração erra o ritmo da dança divina.
-
Quando tudo o que eu preciso é justamente aquilo que não tem nome,
o medo toma conta do peito e a ansiedade sequestra os pensamentos.
Um abraço seria maravilhoso,mas não basta,de onde me virá o socorro?
-
-
Na madrugada da vida entendo que eu só preciso e devo me calar de joelhos diante Daquele que pode me proporcionar a verdadeira paz.
farfelu

Um comentário:

  1. Você é muito talentosa!

    Está perfeito, expondo os sentimentos e fazendo os leitores sentirem suas palavras!

    ResponderExcluir

Saber o que acha é um prazer,obrigada por sua opinião!