sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Entre (in)certezas

Life Goes On
Here today, but forgotten tomorrow.
Não importam quantos grãos de areia partam para o presente,algumas almas disformes ainda insistirão em buscar algo maior que elas mesmas,que as complete,as encha,as transpasse...Essas figuras tortas,se alimentam de romantismo,sonhos e algodões doces em tempos de fúria,acreditam no amanhã,persistem nos vôos frágeis até o outro lado do espelho e não poucas vezes ali pousam seu coração...
Photos du murre:s-t-a-c-k-sNão sei quantas vezes terei que caminhar por esses passos,até a primavera chegar...quantas vezes o desistir quase explodiu em minhas mãos...e quantas coisas a gente continua sem saber por aí,não é mesmo?!...


Enfim,só espero mesmo
que o perdão seja fluente para que brote sempre o amor
                                             (brote amor.)


6 comentários:

  1. Muitoo lindo vlh *---*

    http://algunsdisparates.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo o texto Denise parabéns!!! Fik com Deus

    ResponderExcluir
  3. que lindo Dê! *-*
    "Essas figuras tortas,se alimentam de romantismo,sonhos e algodões doces em tempos de fúria..."

    é dificil ser esse tipo de figura, é dificil encarar os obstaculos da vida e ainda assim, conseguir olhar para trajetoria da vida de maneira tão terna, tão linda... não é mesmo?!

    mas pra mim ainda é, e sempre será o melhor jeito de encarar a vida...

    obrigado pela sua visita, pelos parabéns e por suas palavras sempre tão agradaveis, espero ainda passar muuitos anos compartilhando sentimentos atraves das palavras com você Dê, grande beijo =*

    ResponderExcluir
  4. Olá Denise!

    Que inspiração linda dessas suas palavras. As incertezas, que quase chegam ao limite de nos parar, é também o combustível que nos mantém sempre caminhando em busca de algo.
    Até porque, no fundo, no fundo, quase todos nós somos criaturas que vivem de algodões doces em tempo de fúria.


    Um grande abraço!
    E uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  5. lindo,lindo!belas palavras!
    http://mardeletras2010.blogspot.com/2012/02/parada-final.html

    ResponderExcluir
  6. Oi Dê, (:

    "Essas figuras tortas,se alimentam de romantismo,sonhos e algodões doces em tempos de fúria,acreditam no amanhã,persistem nos vôos frágeis até o outro lado do espelho e não poucas vezes ali pousam seu coração..." - é dificil manter a alma assim; leve. Ainda mais quando o mundo insiste em nos mostrar que gosta de machucar esse tipo de alma. Mas, depois de todas as incertezas e dor ainda acho que vale a pena ;)

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir

Saber o que acha é um prazer,obrigada por sua opinião!