segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Sereníssima *

BABY YOU LIGHT UP MY WORLD ☼ 
“Sou um animal sentimental
Me apego facilmente ao que desperta meu desejo
Tente me obrigar a fazer o que não quero
E você vai logo ver o que acontece.
Acho que entendo o que você quis me dizer
Mas existem outras coisas.
Consegui meu equilíbrio cortejando a insanidade,
Tudo está perdido mas existem possibilidades.
Tínhamos a idéia, mas você mudou os planos
Tínhamos um plano, você mudou de idéia
Já passou, já passou - quem sabe outro dia.
Antes eu sonhava, agora já não durmo
Quando foi que competimos pela primeira vez?
O que ninguém percebe é o que todo mundo sabe
Não entendo terrorismo, falávamos de amizade.
Não estou mais interessado no que sinto
Não acredito em nada além do que duvido
Você espera respostas que eu não tenho mas
Não vou brigar por causa disso
Até penso duas vezes se você quiser ficar.
Minha laranjeira verde, por que está tão prateada?
Foi da lua dessa noite, do sereno da madrugada
Tenho um sorriso bobo, parecido com soluço
Enquanto o caos segue em frente
Com toda a calma do mundo.”
Legião Urbana   

Sin título | Flickr: Intercambio de fotos
P.S:
se quiser me encontrar,
examine esses versos,
e terá então meu reflexo
trêmulo te acenando
por entre os vãos das palavras...
(Denise Oliveira)




sexta-feira, 26 de agosto de 2011

só eu sei o quanto,

Luna~Nueva*
Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo,
já perdi um AMOR por escondê-lo.
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
 Tumblr
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
she was hurricane
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".
Tumblr
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Tumblr

Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.

Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer:
 kitty gallannaugh - Google Imagens 
- E daí? EU ADORO VOAR!

-Clarisse Lispector

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Um conto de amor moderno


Inspiração: Help - The Beatles
Nessa coisa de modernidade é sempre verídica a presença do bom Msn,que facilita nossa comunicação sobremaneira,e
é nele que começa nosso conto. 

Ela,
precisava de alguém para chamar de seu,
que lhe desse motivos para sorrir durante a aula entediante,
ou um dia farto de trabalho;
alguém que lhe mimasse e dissesse que ela sim,era a melhor coisa que havia acontecido em sua vida;
ela precisava justamente DELE.
Do outro lado da porta,estava ele,ansiando por conhecer aquela que trouxesse cor aos seus dias e noites,
que lhe fizesse suspirar alto,
sentir saudades e lhe fizesse sentir um homem.
 E no meio de tudo isso,existe o intermediário,
o qual recebe o nome herdado dos queridos romanos,como é mesmo?!
Ah,sim,o cupido!
Aquele que trabalha para acabar com a solidão dos nossos personagens,
transformando seus desejos em realidade na personificação da imagem romântica...
E então...

Como este é um conto de amor moderno,
o tempo não espera que ele a procure em um cavalo branco,
ou que a beije apenas no felizes para sempre.
Primeiro encontro,se conhecem,se provam,se encontram.

É assim,fazemos planos,a vida acontece.
Ela e ele,e claro,o cupido,
estão vivendo por aí felizes
até que o sempre não chegue para atrapalhar.
We Heart It ♥ - Melissa Gabriela - Álbuns da web do Picasa


ps: texto baseado em fatos reais.
(para Sállua,com todo carinho.)

domingo, 21 de agosto de 2011

quão estranho seria?

Esse texto é uma resposta ao texto lindo que li no blog da Dayane.
Passem por lá primeiro para depois entenderem o meu,ok?!
Obrigada Day pela inspiração ^^
Você me encanta!



-Minha querida,se você pudesse saber o que se passa dentro do meu peito,enquanto te seguro aqui bem rente a ele...

Quão estranho seria,se eu não dissesse nada como consolo?

Porque é exatamente isso que meu coração está dizendo pra eu fazer agora.
Eu não quero te forçar a nada,e quão estranho seria se eu te confessasse que não me importo de esperar seu coração se reconstituir para eu bater em sua porta?

Não é porque esse pesar é menos agudo aqui do lado de fora,que significa que eu não o sinta por e com você.(Como eu gostaria que soubesse disso...)
Se,ah se eu pudesse,tiraria toda essa dor de dentro de você...
Me sinto impelido a te apoiar,independente do que você me traga em mãos...Não é segredo que eu não desejo ser somente seu amigo,e justamente por isso,te digo que não se apresse ou inquiete com minha presença aqui.Eu sei,posso e quero te esperar.

Como eu gostaria de te dizer tantas coisas...porém algo me diz para permanecer quieto,apenas segurando sua mão quando a estender em minha direção.

Ah! Minha querida,quão estranho seria se eu te pedisse para apenas confiar em mim por agora,por hoje e sempre?Eu só quero estar com você,quando seu mundo tiver se rendido ao caos,mesmo que seja somente para te dizer: estou aqui...

Meu coração pronuncia por suas batidas: quão estranho seria se eu pudesse apenas ficar aqui com você,sem palavras,sem olhares,sem objeções,apenas esperando você estar pronta para respirar de novo?(mesmo que seu ar não seja o mesmo que o meu...)

[(Talvez nossos corações se comuniquem por entre seus batimentos,e você compreenda o que nem mesmo eu posso nesse momento...)]

...

terça-feira, 16 de agosto de 2011

uma questão de fé.


Adventure time .
É preciso experimentar a luta para conhecer a vitória.
Sempre soube.
É fácil,muito fácil louvar e adorar na bonança,mas a fé é provada quando se vive a tempestade.
Aqueles risos de ontem,não fazem mais sentido aqui.
É agora a hora de provar meu amor por aquele que me amou primeiro,se dando por mim quando eu ainda habitava nas trevas.
É na dor que a paz em Cristo faz sentido,mesmo que as pessoas não entendam,eu entendo;e basta para que eu saiba que Ele continua aqui segurando minha mão,mesmo quando minha fé é fraca demais para não olhar para os lados...
Música de hoje: ( para ouvir é só clicar aqui - Como o sol o horizonte - Filhos do Homem)

Pai,olha pra mim,esperando por ti
Pai,ouve o meu clamor
Vem de dentro desde coração
Não me deixe ser com um dia fui
Não me deixe ser medíocre
Quebra os ídolos do meu coração
E que deles eu não lembre mais
Meu coração queima por ti
Os meu braços abertos estão
Anseio por Ti como o sol o horizonte
Não descansarei até te encontrar”

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

hipóteses


Bear kill! - fotoblog shouti w Photoblog.pl
"A vida é uma simples sombra que passa (...);
 é uma história contada por um idiota, cheia de ruído e de furor 
e que nada significa."
                                                                                              _Shakespeare

domingo, 14 de agosto de 2011

Ode à paz. Natália Correia

Same shit different days.
Ode à Paz Pela verdade, pelo riso, pela luz, pela beleza,
Pelas aves que voam no olhar de uma criança,
Pela limpeza do vento, pelos atos de pureza,
Pela alegria, pelo vinho, pela música, pela dança,
Pela branda melodia do rumor dos regatos,
Pelo fulgor do estio, pelo azul do claro dia,
Pelas flores que esmaltam os campos, pelo sossego dos pastos,
Pela exatidão das rosas, pela Sabedoria,
Pelas pérolas que gotejam dos olhos dos amantes,
Pelos prodígios que são verdadeiros nos sonhos,
Pelo amor, pela liberdade, pelas coisas radiantes,
Pelos aromas maduros de suaves outonos,
Pela futura manhã dos grandes transparentes,
Pelas entranhas maternas e fecundas da terra,
Pelas lágrimas das mães a quem nuvens sangrentas
Arrebatam os filhos para a torpeza da guerra,
Eu te conjuro ó paz, eu te invoco ó benigna,
Ó Santa, ó talismã contra a indústria feroz.
Com tuas mãos que abatem as bandeiras da ira,
Com o teu esconjuro da bomba e do algoz,
Abre as portas da História,
deixa passar a Vida!

Natália Correia, in "Inéditos (1985/1990)"

sábado, 13 de agosto de 2011

Pele e música.

  Morning Sonata by *IMustBeDead on deviantART

Ela deitada em meus braços,tão frágil,tão minha.
Faço música em sua pele,melodia dos seus olhares e poesias de suas letras que nem sempre sei a ordem.
Melhores amigos são melhores amantes;perdidos na sordidez do amor romântico oculto entre suas relações respeitosas e amorosas,que um dia se rompem no toca-me,sente-me e prova-me a fundo como bons humanos fazem.
Esse teu cabelo em desalinho disfarçando a beleza aí presente,suas tatuagens que colorem a pele e me enchem d’água a boca.
Não quero pensar nas conseqüências desse ato insano,porque de nada adianta mesmo.
Minha melhor amiga,que hoje fez-se minha mulher.
A culpa foi sua,porque eu nunca teria começado aquele beijo sozinho.
Afogada em sua confiança no sentimento fraterno,se deitou em meu colo,me abraçou e roçou meus lábios com um beijo mal preparado,e que não pude deixar de retribuir...
Agora dorme em meus braços como uma criança mimada que não quer soltar o urso de pelúcia recém conquistado.E eu,zonzo com tanta coisa louca me acontecendo só a abraço e esqueço que o hoje pode acabar,me deixando com as sombras do que aconteceu aqui...

Indico!

Olha devagar para cada coisa.
Aceita o desafio de ver o que a multidão
não viu.
Em cascalhos disformes e estranhos
Diamantes sobrevivem solitários.
(Padre Fábio de Melo - Quem me roubou de mim.)

Essa semana terminei de ler o livro “Quem me roubou de mim” do Padre Fábio de Melo.
Nunca tinha sentido vontade de conhecer essa obra,até ter assistido uma palestra do padre sobre o seqüestro da subjetividade e o desafio de ser pessoa ( tema do qual se ocupa o livro)
Então,fiquei fascinada pela quantidade de coisas envolvidas no processo de ser pessoa de que eu nunca havia me dado conta,logo dei um jeito de comprar o livro e saber mais sobre isso,e indico a vocês tanto a palestra ( que deve estar no Youtube) quanto o livro,os defino como modeladores da alma no processo de ser pessoa.Fica a dica!

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

A música mais linda do Renato - Monte Castelo

Flubberel


Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua do anjos
Sem amor, eu nada seria...







glass, hand, heart, jar, leaf - inspiring picture on Favim.com

É só o amor, 
é só o amor
Que conhece o que é verdade
O amor é bom, não quer o mal
Não sente inveja
Ou se envaidece...



Twitter / @MissVanTastique: care for it. http://t.co/8 ...       amor é o fogo
Que arde sem se ver
É ferida que dói
E não se sente
É um contentamento
Descontente
É dor que desatina sem doer...





let it be picture on VisualizeUs
É um não querer
Mais que bem querer
É solitário andar
Por entre a gente
É um não contentar-se
De contente
É cuidar que se ganha
Em se perder...

My Photos - Wall Photos



É um estar-se preso
Por vontade
É servir a quem vence
O vencedor
É um ter com quem nos mata
A lealdade
Tão contrário a si
É o mesmo amor...


anne makeup®
Estou acordado
E todos dormem, todos dormem
Todos dormem
Pinger - strona 23 - świetni ludzie
Agora vejo em parte
Mas então veremos face a face
É só o amor, é só o amor
Que conhece o que é verdade...




                                                                Ainda que eu falasse
'Pembe Ojem''in Fotoğrafları - Duvar Fotoğrafları A língua dos homens
E falasse a língua do anjos
Sem amor, eu nada seria...


ПРИКАЧИ - хостинг на изображения, снимки и картинки













pS:
essa música nos leva pensar no que seria nossa vida sem o amor,seja ele de que forma for...sem sua presença nós NADA seríamos...
ah,só pra constar,meus caros,estou de volta a ativa! 
=)
Obrigada pela força sempre,amo vocês.

Selo


Queridos,
recebi esse selo da Gabi que tem um blog muito lindo,recheado de coisas fofas...
Podem conferir se quiserem! ^^

a regras do selo é:

MÚSICA FAVORITA:
More - Mattew West

Indico o selo aos blogs:


Beijos e até!!

terça-feira, 9 de agosto de 2011

satisfação.


Voglio te. fényképei - ♥
Meus caros leitores,quero me desculpar pelos textos sem pé ou cabeça que ando postando ultimamente.
Sério,eu sei que não estou mais falando coisa com coisa,e ainda assim vocês estão aqui...E por isso,obrigada!
Sabe,nas últimas semanas,minhas aulas recomeçaram,eu comecei a ler Os sertões de Euclides da Cunha,parei com a leitura dos romances e de ficção,dei uma parada nos episódios de The big bang theory,experimentei ouvir música sertaneja (podem rir) e até posso dizer que gostei um pouco;e recebi uma ‘meio que declaração’ inesperada de alguém que não deveria ter feito isso...Não tenho visitado muitos blogs,ou escrito algum texto.Estou bem,confusa e flutuante,mas bem.
Enfim,são essas as explicações que posso oferecer a quem tanto tem me alegrado e inspirado a continuar escrevendo...
Até meu regresso a mim mesma.

báH

NeonBrunette: HappyBirthdayMommasita.

here I am...

Just Dream
Me encontro em pleno desarranjo emocional.
Vivendo das memórias que impedi o final,e montando peças de um futuro quebrado.
Não estou ausente só do blog esses dias,
Mas de mim.
Tanta coisa maluca me aconteceu,à princípio eu estive com aquele que move minha inspiração,nada de anormal,mas um encontro casual,ou ocasional...Foi seco e sem expectativas,porém deu uma balançada aqui dentro.
Depois,aquele outro que move meus desejos também esteve aqui.De uma forma mais intensa e previsível.Foi estranho renunciar o que não quero e ao mesmo tempo quero...
Agora, violentada sentimentalmente,sem saber para onde correr,o que gritar ou onde deitar esses planos quadrados,me sento aqui dentro onde nada ou ninguém pode me achar e ergo uma placa onde imploro aos passantes : paciência,paciência...
Enfim,
O jeito é dar tempo a esse tempo que ri de mim me deixando tão louca quanto...


sexta-feira, 5 de agosto de 2011

:)


In Good Company | Flickr - Photo Sharing!
Pra ele, me guardo. 
Ria de mim, mas estou aqui parada, bêbada, pateta e ridícula, 
só porque no meio desse lixo todo procuro O Verdadeiro Amor. 
Cuidado comigo: um dia encontro.


- Caio F. Abreu in “Os Dragões não Conhecem o paraíso”.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

através do copo...

Untitled
De que vale a eternidade? Um orgasmo dura poucos segundos.
 A vida dura poucos segundos. A história se fará com ou sem a sua presença. 
A morte é apenas um grande sonho sem despertador para interromper. 
Não sentirá dor, medo, solidão. Não sentirá nada, o que é ótimo. 
O sol continuará nascendo. A terra se fertilizará com o seu corpo. 
Suas fotografias amarelarão nos álbuns de família (...) 
_Marcelo Rubens Paiva.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Somente Deus é o nosso abrigo seguro


Deus é o nosso refúgio e fortaleza,socorro bem presente na angústia.
Pelo que não temeremos,ainda que a terra se mude,e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.Ainda que as águas rujam e se perturbem,ainda que os montes se abalem pela sua braveza.
Salmos 6.1-3

Somente Deus é o nosso abrigo seguro.
Hoje sentimos isso na pele,quando minha mãe estava pela manhã cuidando da casa,e nos aguardando para o almoço.Um homem pulou nosso muro e veio entrando dentro da nossa casa,sangrando e maltrapilho,minha mãe conta que ficou estupefata ao vê-lo,mas ainda assim tomada de uma paz enorme que não a permitiu gritar ou fazer qualquer outra  coisa que fosse;o sujeito começou a entrar dentro dos cômodos implorando que ela não fizesse nada e não dissesse nada,pois estava fugindo de não sabemos o que,ou quem;porém o fato é : PUDEMOS VER O SENHOR GUARDANDO  a vida de minha mãe,como  também a nossa que chegaríamos dentro de pouco tempo.
Ele se foi,pediu uma oração antes de partir,pois disse ser usuário de craque.
Apesar de assustada,estou também comovida por esse rapaz,afinal quantos se permitem ser levados cativos pelas drogas,em um caminho tão obscuro e imprevisível?Quantas almas clamam por um deus enquanto morrem sem jamais terem sabido sobre o Deus verdadeiro que as ama incondicionalmente?
Que Deus,O SENHOR tenha compaixão dessa vida e a resgate dessa triste realidade.
E deixo aqui exposto,a minha alegria em ter esse Deus maravilhoso como Pai que guarda nossas vidas de todo mal em todo o tempo.
Me ajudem em oração por essa vida que nem sei o nome.
Obrigada Senhor por seu livramento.