terça-feira, 31 de maio de 2011

S a u d a d e

 Do sepulcro das memórias ela sai,e logo vem puxar meus cabelos,até que eu desista de resistir e a encare.
Saudade.
Arranca lágrimas dos meus olhos,porém me dá como pedido de desculpas,belos quadros pintados pelo pincel do que já passou...
Me afogo em recordações;embora saiba que,estou sempre salva no colo do que já não mais existe...
Aos poucos os dedos da saudade afagam minha cabeça com uma paciência maternal e logo adormeço,me rendendo aos encantos do lugar onde só ela tem permissão para me trazer,rompendo com os acordos do relógio e o tempo...


domingo, 29 de maio de 2011

P r e l ú d i o


Google

Ela apoia o corpo na parede e finge olhar o céu,enquanto as estrelas que lhe sugam o ar,são os olhos de alguém.
Grandes olhos castanhos,contornados por longos cílios,encaixados em sobrancelhas vastas,que marcam seu olhar com tamanha precisão,que poderia aposentar a fala,se ele quisesse.
Talvez seja ele que a vem visitar nos sonhos bons...
Seria muita inocência acreditar que sua vida sozinha estaria prestes a se findar? Sim,claro que seria,porém por que não? Só por essa noite...
Tantas cenas,vozes e sensações estão a lhe sacudir os pensamentos.Vejo-a desviar seus olhos,daquele que a cega.
Ele sorri discretamente,como se soubesse a discussão interior que ela está a enfrentar.
 Ei! Espere,esse é o momento pelo qual ela ansiou durante toda a noite: ele a olha dentro dos olhos!E como consequência a  encharca de  de dúvidas e aflições,a enche de uma ternura que até aqui não conhecia e ao mesmo tempo parece olhar tão violentamente que a faz sentir despida,prestes a correr em busca de um esconderijo,onde esses sentimentos não mais a assolem;mas como era de se esperar,ela não faz isso,e ele começa a caminhar em sua direção.
A lua não parece mais um bom disfarce,nem o chão,ou as pessoas ao redor.Encara sua mão direita como se tivesse ali uma recém descoberta e todo o seu interesse pousasse sobre  a mesma.
O tempo parece não conspirar a seu favor,por que ele simplesmente não chega? Ou ela não sai logo dali? Parece que todo o mundo parou seu girar,e todo o peso da existência se concentra sobre aquela simples ação,ou ainda,assemelha-se a uma bolha que os cobre,e nada pode interferir nesse momento...
Interrompendo seu pensamento pesado e sem dúvida,exaustivo,escuta algo do mundo exterior,uma voz diferente das que estava habituada,porém não menos esperada,bem como muito agradável:
-Olá,que tal uma dança?
[...] Seus pensamentos se calaram para minha intromissão,restando apenas fragmentos que posso observar:
*Seu toque é aveludado e os olhos cálidos.
Dele ou dela?
Já não sei.
Afinal,quando duas almas se ajustam,passam a ser uma só alma dentro de dois corpos...

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Escritos desvairados ( parte I)


Google

Numa manhã estranha,
Lá estava eu a olhar o fim
E eu simplesmente não me via lá.
Ele estava além de mim.

Como num conto de fadas
Com um final invertido,
Meus castelos foram caindo
E o final feliz foi esquecido.

Caindo sobre os escombros
Da história de minha vida,
Fui mais uma vez me refazendo
De uma lembrança perdida

Numa poesia de versos vazios
Num mar de agonia sem sentido
Meus argumentos se perderam
Sem ao menos serem ouvidos.

E em algum lugar, estava a verdade.
Gravada com o fogo dos desesperados
Que me diziam coisas tão certeiras
Através de alguns escritos desvairados.


Poesia do amigo blogueiro : Canata - Escritos Desvairados

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Déjà vu

Google


[Ficção]

Talvez tudo seja uma questão de perspectiva.(Talvez não.)

Eram completamente opostos;eu bem sei,
mas nem a enorme lacuna que existia entre um  e outro pode derrotar a atração que sentiam.
Ele era o tipo de garoto que qualquer garota deseja,com um corpo forte,alto,sempre bem vestido,perfumado,rico,divertido e muito galante.Enquanto ela,sempre esquiva, a primeira da turma,nunca estava nas festas ou reuniões que ele estava,participava assiduamente das programações da igreja,não era rica,nem possuía o tipo comum de beleza,fazia parte daqueles que visitam hospitais e asilos nos feriados,chorava ao ler romances e tocava órgão...
[Tudo (x nada) aconteceu na casa de um colega de aula:os dois se encontraram ocasionalmente na cozinha em uma visita ao amigo em comum e se beijaram.]
Sempre que estava em sua presença,ela sentia uma espécie de tremor que lhe sacudia o corpo,e sabia de alguma forma que sua mente não seria suficiente para controlar aquela estranha emoção que a inundava.(Sempre brigavam muito,pois eram os pólos divergentes existentes na sala de aula - ou em qualquer ambiente.)Ele sentia um ímpeto de tê-la,de lhe calar a boca sempre que começavam a discutir.Afinal quem ela pensava que era?! Todas as meninas rastejavam aos seus pés,e ela simplesmente o tratava de modo tão frio,como se ele fosse uma espécie de doença contagiosa...
Nesse dia,ficaram sozinhos na cozinha,e enquanto ela pegou um copo sem lhe dirigir a palavra,ele a observava com aquele tipo de sorriso devorador ( o que a irritava demasiadamente) ela lhe perguntou com petulância contida:o que tanto olha?Você. Foi a resposta curta que ela conseguiu digerir,enquanto ele caminhava até onde estava.Ela já não podia mais contra o tremor,que agora estava nitidamente em suas mãos e pernas.Ele já não lutava contra o desejo de lhe calar aquela linda boca.Acuada na parede como um cão prestes a apanhar,ela lhe implorava com uma voz tão fraca de desejo que a deixasse em paz,mas era inútil,seus olhos já haviam se cruzado e agora estavam ligados.Ainda tentando lutar contra o corpo grande e forte que a pressionava,foi que sentiu os lábios suaves nos seus;logo seus corpos se entrelaçaram por contra própria,como chave e fechadura,e seu beijo foi muito para quem podia carregar tão pouco dele...
Hoje,se passaram cinco longos anos.
Estão na faculdade,e a escola ficou bem longe de suas novas casas.
Ele teve tantas namoradas que nem se quisesse poderia contar,e ela tem levado seus estudos a sério e as obras de caridade.
Quando seus olhos ainda se cruzam,algo acontece dentro daqueles peitos.
E algum dia saberei  o que terá sido aquele encontro de mundos tão tão distantes,embora por pouco espaço de tempo,unificados dentro de um mesmo corpo .
Enfim,por que Sansão teve de amar Dalila?
Algum dia saberemos...(ou não)

terça-feira, 24 de maio de 2011

Continuando :"Inconstitucional,porém agora legal"

Recebi esse vídeo por email;
e como alguns sabem,a uns dias atrás, eu escrevi algo sobre o mesmo assunto: a decisão do STF em regulamentar a união estável homossexual.
O vídeo,é uma pregação do pastor Daniel Sampaio que expressa muito bem,o que nós cristãos sentimos e pensamos a respeito do que aconteceu e está a acontecer em nosso país.
Deixo claro que não tenho nada contra os homossexuais,porém contra o fato de haver uma legalização do ato;desde que nossa carta magna - a Constituição Federal é bem clara a respeito do que deve ser considerado sobre o assunto.
Para quem ainda não leu, o texto "Inconstitucional porém agora legal" está no blog,e deixo a dica :assista ao vídeo,que realmente vale a pena saber o que está se passando em nossa legislação.

domingo, 22 de maio de 2011

V I D A S


Nós vivemos num mundo de espelhos,
Mas os espelhos roubam nossa imagem...
Quando eles se partirem numa infinidade de estilhas
Seremos apenas pó tapetando  a paisagem.
Homens virão,porém,de algum mundo selvagem
e, como estes brilhantes destroços de vidro,
nossas mulheres se adornarão,seus filhos
inventarão um jogo com o que sobrar dos ossos.

E não posso terminar a visão
Porque ainda não terminou o soneto
E o tempo é uma tela que precisa ser tecida

Mas quem foi que tomou agora o fio da minha vida?
Que outro lábio canta,com a minha voz perdida,
Nossa eterna primeira canção?
Mário Quintana.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

quinta-feira, 19 de maio de 2011

p a l a v r a s

Google
As palavras me encantam como o som a cobra.
Persuadem-me a escrevê-las,com o pensamento de que se não o fizer,elas morrem; assim como bolhas de sabão que nascem e logo estouram sem nenhum sustento...
Giram ao meu redor em uma sincronia não ensaiada,me fazem flutuar  e enxergar cores onde não existiam,sem essa presença muda.
Me acertam com tamanha força,que fico zonza e quase bêbada dessa mistura de sentimentos.
Nessa dança “poética” ,sou levada a lugares tão distantes...envolta por uma enorme vontade de não voltar...

terça-feira, 17 de maio de 2011

Pastor Rui Barbosa

Olá queridos leitores,
meu tempo está escasso,por isso o descaso com o blog... MAS tenho uma surpresa pra vocês,
lembram-se do Ping-pong? Aquela ideia de entrevistar algumas pessoas que de algum modo ou outro,conseguem me chamar a atenção por uma qualidade latente?Então! Está de volta!
 O primeiro e único até o momento a participar,foi meu colega de sala Márcio Santos,e agora trago mais um pra vocês curtirem.
O escolhido da vez é o pastor Rui Barbosa; além de pastor da igreja que participo ( Presbiteriana) é também um grande amigo,e por essa razão,resolvi apresentar um pouco dele aqui. Espero que gostem!!

Pastor Rui e esposa Lucimar.

Nome: Rui Barbosa
Idade:47 anos
Ocupação: Ministério Pastoral

(Ah! pessoal,o pastor Rui passou por uma experiência com o cancêr,por isso pedi que ele me dissesse em poucas palavras o que isso representou na vida dele.)

Me conte em poucas palavras a experiência do senhor com o câncer:
Nada agradável... por outro lado entendi que a vida deve ser mais valorizada, pois  percebi nossa fragilidade diante da realidade com esse “Câncer”... Graças ao Senhor pela libertação e cura.


O que essas palavras representam para o senhor?

1. DeusCriador e sustentador
2. Família – Comunhão
3. MedoFracasso
4. Sonho Expectativa de coisas a serem realizadas
5. RespeitoValorização
6. Religião Expressão de fé
7. AmorSegurança
8. AmizadeAfeto
9. AlegriaContentamento por algo conquistado
10. PreconceitoRejeição

Obrigada  pastor Rui por estar participando do blog,foi um prazer conhecer um pouco mais da grande pessoa que é.

E você,meu querido leitor,obrigada por me acompanhar e prometo que assim que tiver uma folguinha volto com algum texto!
Beijo.

sábado, 14 de maio de 2011

Ele nunca se esquece de você :)


Canção inspirada por Deus.
Vale a pena ouvir.
Afinal,é sempre bom saber que o Senhor nunca nos abandona,
mesmo que assim pensemos ter acontecido...
Ele é não é homem para mentir,
e louvado seja por isso!
Obrigada Jesus pela cruz,
por seu amor,
perdão...
Te amo Deus Altíssimo!!

Selo

                                                              Mais um selo *-*
"Este Selo é uma homenagem aos blogs cuja originalidade
não se pode copiar nem traduzir."



O presente veio dos blogs:
http://fhcanata.blogspot.com- Escritos Desvairados

muito grata 
:)

Dessa vez,vou ignorar as regras ok?!
Me perdoem, por não indicar ninguém,
estou muito atarefada...Sem tempo a dispor...
:/
Sorry.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

E c o ( o )


                                                       

                                              cadeira             -      vazia
                                                  madeira.               agonia       
                                                        
janela -   aberta
 sentinela       incerta


                                                                       
                  luz
                  jus
  
 vão.                            cruz
chão                          J e s u s
                             
                                 
              sombra. 
             assombra                                
                                                  
 eis um poema.        
                                   

terça-feira, 10 de maio de 2011

conselhos alheios


“O que torna a vida agradável é a diversidade do conhecimento.
Para uma vida bela,gaste a primeira etapa conversando com os mortos: nascemos para saber e conhecer a nós mesmos,e os livros nos transformam fielmente em pessoas.
Passe a segunda etapa com os vivos:veja e registre tudo o que há de bom no mundo.Nem todas as coisas se acham numa mesma terra.
A terceira etapa da vida pertence inteiramente a você: filosofar é o prazer mais elevado de todos.”

Baltasar Gracián

sábado, 7 de maio de 2011

Ps *


"Assim como lavamos o corpo deveríamos lavar o destino, mudar de vida como mudamos de roupa - não para salvar a vida, como comemos e dormimos, mas por aquele respeito alheio por nós mesmos, a que propriamente chamamos asseio.

Há muitos em quem o desasseio não é uma disposição da vontade, mas um encolher de ombros da inteligência. E há muitos em quem o apagado e o mesmo da vida não é uma forma de a quererem, ou uma natural conformação com o não tê-la querido, mas um apagamento da inteligência de si mesmos, uma ironia automática do conhecimento.
Há porcos que repugnam a sua própria porcaria, mas se não afastam dela, por aquele mesmo extremo de um sentimento , pelo qual o apavorado se não afasta do perigo. Há porcos de destino, como eu, que se não afastam da banalidade cotidiana por essa mesma atração da própria impotência. São aves fascinadas pela ausência de serpente; moscas que pairam nos troncos sem ver nada, até chegarem ao alcance viscoso da língua do camaleão.
Assim passeio lentamente a minha inconsciência consciente, no meu tronco de árvore do
usual.
 Assim passei o meu destino que anda, pois eu não ando;
o meu tempo que segue, pois eu
não sigo."


Fernando Pessoa

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Inconstitucional,porém agora legal.


Hoje,o STF teve a importante missão de decidir como ficaria a situação de casais homossexuais no país.E a decisão foi a seguinte:


"Por unanimidade, pelo placar 10 votos a 0, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceram a união estável para casais do mesmo sexo. A partir de agora, companheiros em relação homoafetiva duradoura e pública terão os mesmos diretos e deveres das famílias formadas por homens e mulheres."

Vale lembrar que o casamento não foi estendido aos casais gays;
desde que o casamento requer registro civil,e se assim desejar o casal,
 envolve também uma aprovação religiosa.Ou seja,
há todo um make que  a união estável dispensa; como traz  a advogada especialista em direito homoafetivo Sylvia Maria Mendonça do Amaral.

Apesar de respeitar a decisão; deixo claro a minha opinião sobre o fato.Como bem disse o advogado Hugo Cysneiros,a Constituição brasileira (1988) não deixa sombra de dúvidas a respeito da união estável.Especialmente no art.226
§3 Para efeito da proteção do Estado,é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar,devendo a lei facilitar sua conversão em casamento.
O mesmo advogado,replica de que modo é possível agir em contradição com a constitucionalidade de um trecho do código civil;o qual é claro em se referir a união estável entre HOMEM e MULHER,sendo o mesmo cópia da própria Constituição.
" Não se trata de dizer se contra ou a favor de alguma coisa, mas se é ou não constitucional. Afeto e existência não pode ser requisito fático para existência de união estável (...) pluralidade tem limite", enfatizou. 
"Aqui não é luta do bem contra o mal (...) a Constituição é contra"
Sim meu caro,
a constituição é contra,o cristianismo,e eu também.


Fonte de pesquisa:

*Constituição da República Federativa do Brasil

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Mais um selo *-*

Olá pessoal,mais um selo que recebo!
=)

"Este prêmio é distribuído ao "blogueiro versátil", 
aquele que transpõe sua idiossincrasia, dando forma, sabor, 
experiência a um eu-lírico que clama por novos horizontes e desafios metamórficos."

E dessa vez o presente veio dos blogs :

http://fhcanata.blogspot.com do amigo Canata


obrigada pessoal!!

e as regras desse selinho são: ^^

1.Agradecer e linkar de volta o blogueiro que te enviou o prêmio.
2.Divida 7 coisas sobre você.
3.Premiar outros 5 a 15 blogueiros.
4.Entre em contato com esses blogueiros para avisar sobre os prêmios e para que eles levem o selo da versatilidade para seu blog e distribua a outros colegas blogueiros.

Portanto,aqui estão minhas 7 'confissões' hehe
:)

1.Gosto de verde.
2.Amo animais.
3.Sou romântica.
4.Não gosto de muitas pessoas.
5.Sou introspectiva.
6.Minha paixão são os livros.
7.Gosto do inverno.

e os blogs que indico são os seguintes:


Espero que todos curtam o presente;
e que todos nós blogueiros continuemos firmes em transmitir valores,
ideais que promovam um bem comum,
que tanto falta a nossa sociedade.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Sobre o dia 02/05/11


 Desde ontem de manhã tenho ouvido piadas,risadas,e todo tipo de escárnio sobe a morte do terrorista mais procurado do mundo - Osama Bin Laden.
O que não posso entender,é a maneira fútil que essa questão é tratada pela maioria das pessoas,pois,o que significará tal ato do EUA?
Será mesmo que Al-Qaeda se calará,se dará por vencida? Apenas os mais ingênuos ou alienados conseguem acreditar em tal hipótese.
Não sou contra a morte do terrorista,porém,nem tanto a favor.Lavar as roupas de luto em goles de cerveja não é a melhor ideia,vingança não é sinônimo de justiça.Até porque o EUA esteve uma década procurando por Osama,e ironicamente,depois de usar,abusar o quanto quis do Oriente,o encontra em uma mansão muito perto de uma base militar.Cômico,não?!
Para um povo que não compreende nada do que está acontecendo (pois morrer por um ideal é tudo o que lhes resta de mais digno), a morte do terrorista é apenas mais uma medalha a ser polida no peito.
Insensatos os que se alegram,comemoram a morte desse homem de modo tão vulgar,pois não sabem que embora fosse ele um grande risco para muitos,não cabia aqui uma represália no mesmo formato,ou,se pararmos para pensar na quantidade de civis mortos nesses dez anos de invasão americana no Oriente,talvez maior.
Até quando aplaudiremos atitudes vis de supostos “cristãos” que promovem a guerra,deturpam valores,e manipulam atos e fatos para permanecerem no poder,não somente econômico,mas principalmente ideológico?
Meu desejo é que as pessoas aprendam a pensar,a analisar as situações apresentadas não da maneira como esperam que as acolhemos,mas da maneira que devem ser acolhidas.Esse lembrete,é essencial a nós que nos dizemos seguidores de Cristo,pois não foi Ele que nos ensinou que a guerra só é desfeita com paz?Afinal como cobraremos de um povo que seja pacífico,que não use de “terror”,quando nós os “conhecedores”,usamos dos mesmos artifícios que eles?!
Como bem disse Gracián “ nem ao justo leis,nem ao sábio conselhos,mas ninguém soube que bastasse para si” pois, “atualmente é preciso mais habilidade para se lidar com um só homem do que antigamente com tudo ou um povo.”
Enfim,acredito que uma fatia da sociedade se mantenha nos cantos,lamentando sim,os mortos feitos por Osama,mas não com mediocridade ou regozijo,porém com o oposto disso.Quero também acreditar nos que não se fazem  massa e se posicionam diante desse fato com resguardo e principalmente oração,pois cada vez mais é notório a proximidade da volta de Jesus a terra...Paremos um pouco e pensemos segundo a mente daquele que nos enviou, pois “não vemos o que esperamos.Mas somos o corpo daquela Cabeça na qual se concretizou aquilo que esperamos.” St Agostinho;portanto ajamos como verdadeiros cristãos e não apenas bonecos de modelar que acatam qualquer coisa que é disposta ( ou melhor dizendo imposta).