sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Correspondência

Google Reader (2)

[FICÇÃO]
A noite já está avançada,isso é tudo...
Tenho rolado na cama desde que deitei,não consigo dormir.Me levanto,cambaleio no escuro do quarto até acender a luz e sento-me aqui para te escrever essa carta.
Não sei escrever cartas...( isso é bem diferente de artigos esportivos) e por isso,me perdoe de antemão pela maneira que começo...
Sabe, eu não vou mentir que não sabia dos riscos de me envolver com uma artista de circo,mas te afirmo que eu não conhecia o que um amor pode fazer na vida de um homem.Faz semanas que não faço a barba,não arrumo o apartamento e como alguma coisa que não venha em lata;mal posso me olhar no espelho sem te enxergar no reflexo;menti que estou doente para não ter que trabalhar,e pensando bem,estou mesmo!Doente sim,de você!
Tenho velado as nossas últimas palavras,beijos,a imagem do seu corpo em minha cama se aninhando ao meu...porém essas memórias se negam a serem enterradas,ressuscitando nas horas mais impróprias para me atormentar...
Só tenho a dizer,venha/volte/fique!Pois eu não posso viver sem você...é um clichê,eu sei...mas eu realmente preciso desse amor vivo...que me faz querer  viver.
Fui um tolo ao ter deixado você seguir com o circo,me arrependo tanto...espero ainda estar a tempo ...
Te espero e confio que não negará meu convite para viver comigo para sempre ...o que inclui casamento oficializado como você disse sonhar...com todos os detalhes que quiser...eu a amo,e não posso mais remar contra sua ausência que tem estado tão presente nos últimos dias...
Enfim,me aceite em casamento...em você...eu inteiro,com tudo o que sou,tenho...totalmente  cativo teu...
A aguardo todo o dia,todo o tempo...
Não demore,por favor...
Seu sempre,
Hugo.

5 comentários:

  1. Oi =)
    Tudo bem?

    Quanta inspiração hein colega.
    O amor esta no ar hehe.
    Ótimo texto.

    Beijos.Estou te seguindo.

    http://girlsupimpa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto :-)


    http://algunsdisparates.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Para amar artista de circo só partindo junto com eles, não possuem raízes, o amor também tem que ser móvel.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá.Essa é minha primeira visita ao blog.Vi seu link em outro blog e resolvi vir conhecê-lo.Adorei seu blog e já estou lhe seguindo.Seu blog é muito bem organizado e suas postagens muito bem elaboradas.Te convido a conhecer meu blog e segui-lo também.Aguardo sua visitinha!
    Bjs!
    Zilda Mara
    http://www.cacholaliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Denise,

    Que bela carta, cheia de amor verdadeiro.

    "Doente sim,de você!" - Como nos estranhamos quando descobrimos que precisamos assim, tanto de alguém não é? Como se uma parte nossa tivesse ido também.

    Amei mesmo o post Denise, de verdade ^^ Perfeito.

    "A aguardo todo o dia,todo o tempo...
    Não demore,por favor..." - não sei por que, mas eu sorri a ler essa poucas palavras finais. (:

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir

Saber o que acha é um prazer,obrigada por sua opinião!