quarta-feira, 16 de março de 2011

Aprendizado.


Para aprender é preciso não saber.
Para amar,não precisa pensar.
Para lembrar é preciso esquecer.
Para morrer é preciso nascer,
assim como para nascer é preciso morrer.
Para me conhecer é preciso me desfazer da roupagem que a vida me vestiu,
lavar o rosto e olhar além da pintura que o tempo me ensinou a usar,
tirar os sapatos que aumentam meu tamanho,
me perder,
para enfim me achar.

2 comentários:

  1. oi denise, tudo bem?

    que belas e sábias reflexões. somos assim, ambíguos e contraditórios; a aventura de viver e de amar são magníficas apenas por existir os seus contrários.

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto, lindo =D

    beijoos, boa sexta!

    ResponderExcluir

Saber o que acha é um prazer,obrigada por sua opinião!