domingo, 27 de fevereiro de 2011

Reflexo*


Talvez eu sempre soubesse que acabaria assim,outra vez...

Dizem que para moldar um vaso,é necessário fazer com que o barro dê várias voltas em torno do mesmo eixo,porém em cada uma dessas voltas é retirado um pouco de excesso,ou desenhada mais uma curva na obra.
Talvez,também seja assim comigo,
Apenas esteja dando voltas em torno do eixo para adquirir uma forma melhor de ver,de sentir,de ser.
(Eu realmente espero que assim seja,que não seja em vão...)


“[...]Agora veja o meu estado
Olhando o futuro e prevendo o passado
Como alguém que não sabe o que quer
Mentindo pra todos enquanto puder[...]”

(Vivendo e aprendendo- Capital Inicial)

Um comentário:

  1. Olá Denise, tudo bem ?

    Que legal o seu texto.
    Parabéns !

    Boa semana para você,
    Beijos,
    Caio.

    ResponderExcluir

Saber o que acha é um prazer,obrigada por sua opinião!